11 de mai de 2009

SEM ASSUNTO PRA POSTAR

Antigamente era bom
A vida era puro prazer
Até dos passaros ouvia o som
Não tinha nada o que fazer

Acordar tarde
E ver o sol já brilhando
Assim meio covarde
Me envolvendo, levantando

Na escola
Rolar pelas paredes
Deixar rolar a bola
Ou sentar-se nas gramas verdes

Quando lembro que não é mais assim
Dá pra ver minha saudade
Quero de volta pra mim
O que na mente é eternidade

Não vou quebrar os dentes no torresmo
Só quero tudo de volta
Nunca vai ser o mesmo
Mas tudo, no coração, memória.


:D
(Para Poli, Amy e amigos do Castelo Branco)
Acho que estou inspirado nas aulas de português.